Como reconhecer capilar? Explore suas características e formas de atendimento.

Vasos sanguíneos quebrados no rosto são vasos sanguíneos aumentados que ocorrem logo abaixo da superfície da pele. A aparência vermelha resultante em forma de teia lhes dá seu nome comum, veias de aranha.

As veias da aranha são comumente encontradas na face ou nas pernas, embora possam aparecer em qualquer parte do corpo. Além de sua aparência, as veias da aranha não causam outros sintomas.

A estrutura da pele

A pele é considerada o maior órgão do corpo, corresponde cerca de 16% do peso corporal. Tem funções de proteção, excreção, termorregulação, metabólica, estimulação e recepção.

Segundo os livros de anatofisiologia, a pele é considerada duas camadas, a primeira mais superficial chamada epiderme e a segunda intermediária chamada derme.

Os principais componentes estruturais da derme são: colágeno e elastina, tecidos conjuntivos, que dão força e flexibilidade e são os componentes vitais para a saúde e a juventude da pele. Estas fibras estão impregnadas de uma substância tipo gel (contendo ácido hialurônico), que tem alta capacidade de fixar a água e contribuir para manter o volume da pele.

O estilo de vida e fatores externos tais como o sol e mudanças de temperatura têm um impacto nos níveis de colágeno e elastina e na estrutura da substância adjacente. À medida que envelhecemos, nossa produção natural de colágeno e elastina declina e diminui a capacidade da pele para fixar água. A pele parece menos tonificada e aparecem as rugas. Leia mais em fatores que influenciam a pele, como o sol afeta a pele e envelhecimento da pele.

telangiectasia

Telangiectasia

A telangiectasia no rosto, também conhecida como aranhas vasculares, é uma alteração comum da pele que provoca o surgimento de pequenos vasinhos vermelhos, especialmente em regiões mais visíveis como o nariz, os lábios ou as bochechas, que podem ser acompanhados de ligeira sensação de coceira ou dor.

Embora ainda não sejam conhecidas as verdadeiras causas desta alteração, na maior parte dos casos, é um problema benigno provocado pela exposição solar que não traz qualquer risco para a saúde, embora existam algumas situações, mais raras, em que podem ser sintomas de uma doença mais grave, como rosácea ou doenças do fígado, por exemplo.

Embora não exista uma cura para a telangiectasia, alguns tratamentos, como laser ou escleroterapia, podem ser feitos por um dermatologista para ajudar a disfarçar os vasinhos.

Causas de vasinhos no rosto

Existem fatores que predispõem o aparecimento desses vasos ou mesmo ajudam a aumentar:

  • Pessoas muito claras que se expõem excessivamente ao sol
  • Uso habitual de um medicamento chamado corticoide, seja por via oral ou tópico na face, pois afina a pele
  • Nos países frios, exposição ao vento frio excessivo
  • Pessoas muito alérgicas que assoam nariz muitas vezes ao dia com força demais – trauma repetido
  • Na gravidez também é mais comum o aparecimento ou aumento desses vasos
  • Consumo excessivo de álcool
  • Drogas ilícitas aspiradas pelo nariz
  • Medicamentos tópicos na face que promovam descamação da pele
  • Por fim, porém não menos importante, o próprio envelhecimento da pele

Saiba se os vasinhos são prejudiciais a saúde e como evitá-los

Segundo a dermatologista, a maioria dos casos não apresenta riscos à saúde. “No entanto, o aparecimento dos vasos pode ajudar no diagnóstico de doenças, como no caso das varizes e da rosácea. Algumas situações podem estar associadas a síndromes, mas são raros. Em caso de dúvida, o ideal é consultar um dermatologista”, esclareceu.

Para evitar que os vasos apareçam, é importante se preservar dos fatores de risco e a Dra. Lilia deu algumas dicas:

  • Evite fumar;
  • Use filtro solar regularmente;
  • Evite ficar muito tempo na mesma posição;
  • Procure caminhar durante o dia.

Como evitar vasinhos no rosto

A médica explica que tanto quem tem predisposição familiar como quem já apresentou o problema deve procurar manter a pele resfriada nos dias muito quentes – com água fria, toalhinha umedecida gelada, água termal.

Um método apontado é o de pegar bolsas de borracha, colocar cerca de 100 ml de água e deixar no congelador. Recorrer à bolsinha em dias quentes é uma forma simples e eficaz de introduzir o hábito de refrescar o rosto na rotina e evitar os vasinhos.

Laser para eliminar vasinhos

Alguns cuidados são necessários antes e depois do procedimento, como não aplicar cremes no rosto no dia, evitar a exposição ao sol durante cerca de uma semana, usar protetor solar com fator 50 ou 60 e, em alguns casos, especialmente para peles mais sensíveis, pomadas à base de corticoide.

É natural que, depois de algum tempo, os vasinhos voltem a aparecer pois sua origem básica envolve fatores genéticos e hormonais, que não são modificados com o tratamento. Geralmente, damos alta para paciente e orientamos a retornar no período de seis meses a um ano para ver se já existe necessidade de novo ciclo de tratamento. O procedimento pode ser repetido quantas vezes for necessárias, sem limite.

Sending
User Rating 5 (1 vote)

Ela conseguiu o seu conhecimento durante os estudos de nutrição humana no Instituto Politécnico de Viseu. Membro da Associação Portuguesa de Nutricionistas. Autora de inúmeras publicações sobre nutrição, treinamentos e estilo de vida. Realiza treinamentos em instituições educacionais públicas. Está constantemente a expandir o seu conhecimento, participando de conferências e treinamentos sobre tópicos relacionados à dieta saudável, obesidade e problemas psicológicos. Empenha-se e presta particular atenção ao trabalho com o paciente para que as mudanças que ela ajuda a implementar nas suas vidas sejam de longo prazo.

We are using cookies on our website

Please confirm that you accept our Privacy Policy. Privacy Policy